O futebol brasileiro é conhecido pela intensidade de seus clássicos, e um dos mais acirrados é o clássico paulista entre São Paulo e Palmeiras. Também conhecido como Choque-Rei, o confronto entre as equipes é marcado pela rivalidade e pelo histórico de grandes jogos.

A história do clássico começou em 1917, quando o São Paulo ainda era conhecido como São Paulo da Floresta e o Palmeiras como Palestra Itália. Desde então, as duas equipes já se enfrentaram mais de 300 vezes, com um equilíbrio bastante grande: são 119 vitórias do São Paulo, 111 vitórias do Palmeiras e 79 empates.

Entre as grandes partidas da história do clássico estão alguns jogos decisivos. Em 1942, por exemplo, o Palmeiras venceu por 3 a 1 e conquistou o título do Campeonato Paulista em cima do São Paulo, que jogava em casa. Em 1992, o tricolor paulista devolveu a derrota e eliminou o Palmeiras nas semifinais da Libertadores, em um jogo épico que terminou em 4 a 3 para o São Paulo.

Nos últimos anos, o clássico também tem sido marcado pelos confrontos entre São Paulo e Palmeiras pelas quartas de final da Copa Libertadores em 2005 e 2021. Em ambas as ocasiões, o São Paulo levou a melhor e eliminou o rival.

Além do histórico de grandes jogos, o clássico paulista entre São Paulo e Palmeiras também envolve elementos extracampo. Ambas as torcidas são conhecidas pelo clima de rivalidade, o que muitas vezes resulta em episódios de violência. Por isso, a segurança nas partidas entre as equipes é sempre reforçada.

Para o próximo jogo entre São Paulo e Palmeiras, marcado para o dia 14 de novembro de 2021, as expectativas são altas. Ambas as equipes estão em boas fases e brigam pelo título do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras entra em campo como favorito, já que tem uma campanha mais consistente até agora. Mas o São Paulo tem um histórico de surpreender em momentos decisivos e pode complicar a vida do adversário.

Independentemente do resultado, o clássico paulista entre São Paulo e Palmeiras promete mais uma vez ser um jogo intenso e emocionante, capaz de mexer com as emoções dos torcedores das duas equipes.